ESTUDO DE VIABILIDADE

Estudo de Viabilidade Arquitetônica

Um estudo de viabilidade de projeto arquitetônico é desenvolvido levando em consideração as informações recebidas do cliente como a localização, a área do terreno, documentação e o tipo de empreendimento desejado.

O estudo de viabilidade de arquitetura pode ser dividido três grandes etapas, sendo:

Estudo de viabilidade técnica, quando leva em consideração os quesitos relacionados ao terreno e demais legislações, como no plano diretor, plano regional, código de obras, exigências de segurança entre outros.

A escolha do terreno é um fator determinante para a definição de um empreendimento pois cada terreno possui as suas peculiaridades e diferentes parâmetros urbanísticos, o que irá possibilitar diferentes configurações de um projeto.

Estudo de viabilidade numérica, quando são realizados estudos de implantação e volumetria, testando possibilidades de arranjos para composição do pavimento, tipo de torres e implantações destas no terreno.

Consiste em um estudo aprofundado que considera todos os itens apontados no estudo de viabilidade técnica e busca oferecer de forma detalhada a configuração do empreendimento através da distribuição das áreas computáveis, não computáveis, total construída, área total privativa entre outros quesitos como número de vagas, número de pavimentos, número de unidades, etc.

Estudo de viabilidade financeira, quando é realizado um estudo de viabilidade econômico-financeira do empreendimento proposto pelo estudo de viabilidade técnica e numérica.

Costumam ser utilizadas ferramentas de análise de fluxo financeiro para verificar a vulnerabilidade da obra a certos parâmetros. Assim, é possível identificar os pontos que podem gerar problemas futuros para a obra.

estudo-viabilidade-numerica
estudo-viabilidade-projetos-arquitetura

O estudo de viabilidade de projeto arquitetônico é uma ferramenta que auxilia no momento de tomadas de decisões, muito utilizado no mercado imobiliário ou construção civil, também pode ser utilizado em diferentes tipologias de projeto, como no planejamento para expansão e ocupação de plantas industriais, planejamento de clubes recreativos, hotéis, pousadas e resorts.

No desenvolvimento de projetos para grandes empreendimentos, conforme os citados, é utilizada uma ferramenta chamada de Master Plan, onde os estudos de viabilidade de arquitetura são parte fundamental do processo.

No Master Plan é levado em consideração o planejamento de todo o empreendimento, distribuindo os diversos programas de necessidades e áreas em setores distintos, para posterior desenvolvimento dos projetos e execução das obras em fases, conforme necessidades apontadas pelos estudos de viabilidade técnica, numérica e financeira.