Como deixar sua sala mais elegante, prática, espaçosa, funcional e equilibrada

 em Arquitetura de Interiores
arquitetura de interiores

Créditos: Pixabay

Decorar o apartamento de uma maneira funcional, elegante e prática é essencial para quem pretende agregar valor ao imóvel e agilizar a venda.

É preciso pensar em formas e estratégias que deixem o apartamento mais bonito e espaçoso, a fim de permitir encantar os consumidores.

São diversos os benefícios de equipar o apartamento com objetos, móveis e acessórios que deem um destaque nas qualidades e realcem o que de melhor existe no espaço.

Melhora o aproveitamento do espaço, embelezamento, aumento do valor do metro quadrado, otimização da estrutura, atingir uma parcela maior de interessados, haja vista que muitos consumidores preferem apartamentos mobiliados, pela economia de tempo e dinheiro. Essas são algumas das vantagens que podem fazer a diferença para quem desejar comprar apartamento no Juvevê.

Um dos ambientes mais importantes da casa, a sala de estar, merece uma atenção especial pela potencialidade de sua utilização e pela capacidade de ser o centro de qualquer lar. Investir em estratégias que proporcionem conforto e elegância a sua sala vai muito além de comprar um sofá bonito ou definir uma pintura de qualidade. É preciso pensar no espaço como um todo, integrado e uniforme em si, no qual todos os elementos conversem e combinem, na busca de um equilíbrio e bem estar para quem dele usufrui.

Para que essa tarefa surta os efeitos esperados, conheça alguns truques que podem facilitar a sua intervenção.

Cores claras

As cores claras refletem bem a luz, abrem o espaço, proporcionam maior aconchego e deixam o ambiente mais elegante. A percepção visual da sala melhora com as cores claras nas paredes e que também podem ser aplicados aos móveis garantindo a uniformidade.

Ao pensar na harmonização das formas e cores, você também pode adotar um tom mais escuro para uma parede, por exemplo, definindo uma sensação de profundidade e dando um toque especial a algum canto que se queira destacar.

Essa sensação de amplitude pode ser reforçada na escolha de prateleiras, mesas de canto, quadros e luminárias em tons mais neutros.

Itens de decoração

A manipulação visual permite aumentar a sensação de espaço, estética e conforto, sendo os espelhos fortes aliados nesta estratégia. Eles possibilitam “enganar os olhos” ao criarem a ilusão de que um local é maior e bem iluminado realçando os melhores detalhes.

O reflexo cria um foco de visão, rebate a luz para o espaço, destaca os melhores pontos do apartamento e confere elegância e brilho. Os formatos e estilos são variados (com molduras clássicas, modernas, sem moldura, geométricos, grandes, pequenos ou montados).

Além disso, vasos, almofadas, flores, mesas laterais, plantas e demais itens também podem fazer a diferença. Explore-os na decoração pois sua aplicação é muito válida.

Simplicidade

Lembre-se que muitas vezes a simplicidade é a melhor forma de se expressar e apresentar seus gostos. O clássico “menos é mais” sempre é válido quando não se conhece muito sobre o assunto e não se sabe bem como proceder na organização.

Se seu espaço é pequeno e tem dificuldade de harmonizar as peças, lembre-se que um ambiente que não seja muito carregado de informações permite que ele transmita um ar de maior aconchego e equilíbrio, não sendo poluente a visão e, ao mesmo tempo funcional, que não diminua a sensação de espaço que você não tem.

Dessa forma, busque um aproveitamento racional e um design que permita fluidez e “acolhimento” por meio de móveis que otimizem a altura e deixe o piso mais a mostra possível. Móveis que ficam abaixo do nível dos olhos com os pés a mostra e objetos decorativos no mesmo padrão de cores auxiliam nessa tarefa.

Estilos de decoração

Ainda seguindo a linha de promove um ambiente suave e uniforme evitando soluções carregadas e agressivas a visão, é necessário definir um estilo de decoração que orientará as suas decisões: minimalista, contemporâneo, rústico, industrial, clássico, elegante, clean, despojado ou colorido.

Cada um deles abusa de estratégias diferenciadas, mobílias próprias e cores específicas, segundo o perfil de composição que mais agrada e combina com você. Não deixe atender as suas expectativas e gostos, mas sem exageros.

Organização dos móveis

Vale destacar que a distribuição dos móveis é essencial para que se tenha um espaço bem aproveitado e agradável. Não tumultue a sala colocando móveis que prejudiquem o espaço de circulação ou que faça com que as pessoas fiquem esbarrando a todo momento.

Evite encostar alguns móveis na parede, pois isso pode prejudicar o bem estar, passando a sensação de maior fluxo e aumentando o campo de visão. Sempre tenha em mente que os móveis maiores são responsáveis pela estrutura da sala e precisam estar bem dispostos, definindo o layout-base da sala.

Já os equipamentos menores como mesas laterais, de centro, abajures e luminárias ocupam o restante do espaço, mas isso deve ser de maneira harmoniosa. Desenvolver essa lógica contribui para que você possa analisar bem o ambiente tendo uma prévia do resultado permitindo mudanças na estratégia de instalação das peças.

Gostou do nosso artigo e quer receber mais dicas como essas? Então acesse as nossas redes sociais e fique ligado nas nossas postagens.

Postagens Recentes

Deixe um Comentário