Qual a necessidade de uma planta humanizada?

arquitetura com planta humanizada

A palavra humanizada nos âmbitos arquitetônicos vem da ideia de tornar real, apresentar o projeto de forma mais didática e de fácil entendimento e compreensão de todos.

Quando o cliente vai em busca de um arquiteto para um projeto de interiores, reforma ou construção ele tem a necessidade de compreender na totalidade como as suas solicitações foram atendidas na concepção do projeto pelo arquiteto.

As plantas técnicas possuem diversas informações, tanto para a obtenção do alvará de construção como para o construtor, o que dificulta a fácil compreensão do cliente, que muitas vezes não trabalha nessa área.

Então para que os clientes tenham essa visualização mais fácil os arquitetos desenvolvem as plantas humanizadas. Tais plantas tem a característica de ser uma planta baixa detalhada com realismo, através do uso de texturas, cores, paisagismo, luz, sombra e todo o mobiliário a ser inserido futuramente, transmitindo assim ao cliente a sensação de vivenciar os ambientes na sua plenitude.

Com estética amigável a planta humanizada é feita para que o cliente compreenda o projeto sem as linguagens técnicas utilizadas usualmente pelos profissionais. O objetivo principal da planta humanizada é que o arquiteto consiga apresentar o layout do imóvel com clareza.

Quando um projeto é concebido o arquiteto, com suas habilidades, já o desenvolve pensando de uma forma tridimensional. Portanto, para que o projeto seja compreensível aos profissionais envolvidos na execução são elaborados uma série de desenhos técnicos, como cortes, elevações e detalhamentos.

A compreensão e também encantamento do cliente pelo projeto contribui de forma direta na aprovação do mesmo. A planta humanizada tem grande influência na decisão, sendo um recurso muito utilizado tanto na compra de um imóvel novo quanto na apresentação de um projeto de reforma ou paisagismo.

Assim como a planta estrutural, hidráulica entre outras a planta humanizada tornou-se uma necessidade visível, mas diferente das outras plantas técnicas, essa é desenvolvida especialmente para o cliente.

Ela é uma técnica de projeto anterior ao desenho em 3d e graças a ela hoje contamos com maquetes eletrônicas e realidade virtual, tema abordado anteriormente aqui no nosso blog.

Com o avanço da tecnologia surgiram inúmeros recursos complementares para apresentar um projeto, porem, por mais tecnológico e moderno que seja o recurso adotado pelo arquiteto uma boa planta humanizada nunca sairá de moda.

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

arquitetura hospitalar